Principal Notícias Diálogo Social: Encontro inédito

Diálogo Social: Encontro inédito

174

Nos dias Vinte e dois e Vinte e três de Novembro de 2017 (22 e 23), atendendo o convite para representar a FETICOM SC e o SITICOM Joaçaba o Presidente Pedro Nogueira Junior  esteve  em Porto Alegre, para  diálogo social entre os sindicatos da construção civil . Esse encontro inédito entre sindicalistas e também  empresários tem por objetivo construir uma relação harmoniosa entre as partes. A MRV foi a primeira empresa a se prontificar em participar desse evento propositivo. O primeiro dia do encontro foi utilizado para a apresentação pelos sindicatos de casos (positivos ou negativos) com a construtora entre outros temas em debate .

A abertura do evento contou com a presença do presidente do STICC, Gelson Santana, do diretor de produção da MRV Engenharia para a Região Sul, Ralf Haddad, do presidente da UGT-RS, Norton Jubelli,Representante da ICM , entre outras autoridades.

Sindicatos dos Estados de Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso e Espírito Santo integram o evento. A ICM (Internacional de Trabalhadores da Construção e da Madeira), com sede em Genebra (Suíça) é a organizadora do encontro.

De acordo com o presidente do STICC, “o empresário e o trabalhador devem caminhar juntos para construir um País melhor”. “O diálogo social que será tratado aqui não é apenas na estão patrão e empregado, tem que ser levado para os assuntos mais simples, como uma briga de trânsito. Por exemplo, estamos em uma era de intolerância e isso prejudica não apenas o ofendido, mas, sim, a humanidade”, disse. Gelson Santana.

No Brasil a ICM e seus 43 sindicatos afiliados têm se engajado também em processos de diálogo social .

Para O presidente do Siticom Joaçaba Pedro Nogueira , a troca de informações é fundamental neste momento de grandes conflitos com reforma trabalhista e mesmo em um mundo de ódio que anda reinado .Para O presidente foi um prazer estar la juntamente com o Presidente do Siticom Florianópolis Adauri representando nosso estado nesses importante debate . 

Fonte consultada : STICC

 

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta