Principal Notícias 20 de novembro é um símbolo para todo o movimento negro do...

20 de novembro é um símbolo para todo o movimento negro do Brasil

48

O 20 de novembro é um símbolo para todo o movimento negro do Brasil. Não só pelo Dia Nacional da Consciência Negra, mas também por marcar a morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, herói da resistência contra a escravidão e representante maior da luta pela liberdade.

Zumbi foi o principal líder do Quilombo dos Palmares, fundado em 1597 por escravos foragidos de engenhos na Serra da Barriga, onde é hoje o estado do Alagoas. Ele foi morto há exatos 319 anos em uma emboscada. Torturado e decapitado, sua cabeça ficou exposta em praça pública, em Recife.

Além de manter viva a memória de Zumbi, o Dia Nacional da Consciência Negra traz uma reflexão sobre a situação atual da população negra no país. Em todo o território nacional, a data foi instituída pela lei federal nº 10.639, de janeiro de 2003. Essa mesma legislação tornou obrigatório o ensino sobre história e cultura afro-brasileira em escolas públicas, constituindo um marco na luta pela igualdade racial.

Neste dia, entidades da sociedade civil brasileira realizam atividades para chamar a atenção e mobilizar a população contra o racismo velado que ainda existe no Brasil. Essas manifestações têm o objetivo de funcionar como uma partida para a consciência por equidade.

Viva Dandara, viva Zumbi, viva você que resiste em sua universidade, trabalho sendo explorado mais que os outros somente por ser negro , faculdade, cursinho ou técnico. Viva a mãe de família que cria os filhos sozinhos, pois sofreu com o abandono da mulher negra, viva ao muleque de periferia que não tem uma grande expectativa de vida pois oportunidades não lhe são dadas, viva a “novinha” que na sociedade além de não saber que sofre assedio pelo amigo  “legal”, ouve diariamente que seu cabelo é “ruim, Bombril, e ou palha de aço”. Axé pra nós, muita resistência, pois a luta por liberdade quais nossos antepassados travaram, ainda está longe de acabar.

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta